Sobre o 7º FNM

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), é responsável pelas políticas públicas para o setor museal no Brasil e realiza, a cada dois anos, o Fórum Nacional de Museus (FNM).

Evento de abrangência nacional, o fórum tem por objetivo refletir, avaliar e delinear diretrizes para a Política Nacional de Museus (PNM), consolidando as bases para a implantação de um modelo de gestão integrado dos museus brasileiros, por meio do Sistema Brasileiro de Museus (SBM).

A Recomendação da Unesco sobre a Proteção e Promoção de Museus e Coleções, aprovada em 2015 a partir de iniciativa brasileira, será o tema da edição deste ano do Fórum Nacional de Museus (FNM), que terá lugar entre os dias 30 de maio e 4 de junho no Centro de Eventos da PUC-RS, na cidade de Porto Alegre (RS).

Museólogos, gestores, pesquisadores, estudantes e demais interessados na área de museus e memória no Brasil terão espaço para refletir sobre os rumos dos museus brasileiros, e da Política Nacional de Museus, tendo como base as Recomendação da Unesco.

Já considerado como referência para as políticas públicas nas próximas décadas, o documento destaca o papel dos museus e suas coleções em um processo de desenvolvimento que se quer cada vez mais sustentável. Conheça o documento.

Programação

Três conferências internacionais, nove painéis, com 27 convidados nacionais e estrangeiros, oito minicursos, apresentação de 39 trabalhos de pesquisa, além de grupos de trabalho, reuniões paralelas, atividades culturais e feira temática compõem a programação do 7º Fórum Nacional de Museus.

Os conferencistas convidados são François Mairesse, professor de Museologia da Sorbonne (França) e Presidente do Comitê Internacional para a Museologia (Icofom/Icom); Alan Trampe Torrejón, subdiretor Nacional de Museus do Governo do Chile; e Jill Cousins, diretora executiva da rede Europeana – que integra coleções digitais de 180 instituições de 27 países da Europa.

Já os painéis tratam de temas diversos como educação, criatividade, propriedade intelectual, comunicação e financiamento sob a perspectiva da área de museus. Para participar foram convidados representantes de museus de todas as regiões brasileiras, além de painelistas da Colômbia e Espanha.

Já os oito minicursos, com carga horária de 8h cada, tratam de temas de grande interesse dos profissionais da área de museus: inventário participativo, estudos de público, fomento e financiamento, cultura digital, plano museológico, marketing museal e documentação e acervos serão abordados por profissionais do Ibram e convidados.

As Comunicações Coordenadas, nas modalidades apresentação oral e pôsteres, são espaço de intercâmbio para apresentação de pesquisas acadêmicas e relatos de experiências, abrindo assim espaço para um debate de alto nível.

Os grupos de trabalho dentro do Fórum Nacional de Museus também são voltados para a discussão especializada de temas e questões da política de museus no Brasil, com o intuito de consolidar e fortalecer uma agenda em rede no setor museal.

Na programação ainda aparecem reuniões específicas – como as de Pontos de Memória e da Rede de Educadores de Museus – além de atividades culturais, como exposição de artesanato, lançamento de publicações e visitas a museus da capital gaúcha. Durante todo o evento haverá um espaço com estandes com produtos e relacionados à cadeia produtiva dos museus.

A participação das atividades do FNM é gratuita mediante inscrição. O formulário já está disponível online.

Mais informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico forumnacionaldemuseus@museus.gov.br.