ICOM participa do 5° Fórum Nacional de Museus

Antecipando a 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus em agosto de 2013, o Conselho Internacional de Museus (ICOM) participará do 5° Fórum Nacional de Museus, promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

Foram convidados ao encontro os presidentes dos 31 comitês internacionais do ICOM, o ICOM LAC (aliança regional do ICOM para a América Latina e Caribe), o AFRICOM (entidade afiliada ao ICOM que congrega os museus da ÁFRICA) e MINOM (entidade afiliada ao ICOM – Movimento para uma Nova Museologia). A participação tem como objetivo apresentar à comunidade de profissionais de museus brasileiros, em especial aos que não são filiados ao conselho internacional, os detalhes da conferência trienal e dos comitês internacionais.

Os principais desafios durante a conferência brasileira serão discutir os princípios da ICOM Rio 2013. Durante o evento também estão previstas as assinaturas do acordo entre ICOM e o Comitê Organizador, o termo de parceria entre o IBRAM e o ICOM Brasil e a assinatura cerimonial do termo de reciprocidade já firmado entre os membros do Comitê Organizador.

A programação inclui ainda uma reunião com o Comitê Organizador e diretores de museus do Rio, no Museu Imperial e reuniões com autoridades e abertas ao público.

A 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus acontece de 10 a 17 de agosto de 2013, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

Sobre o ICOM

O Conselho Internacional de Museus (ICOM) foi fundado em 1946 e é a maior organização mundial de museus e profissionais que atuam em instituições que têm por compromisso promover e proteger o patrimônio natural e cultural, o presente e o futuro, o tangível e o intangível. Com aproximadamente 30 mil membros em 137 países, o ICOM é uma rede de profissionais com atuação em uma ampla gama de museus e disciplinas relacionadas à preservação do patrimônio.

Mantendo relações formais com a UNESCO e tendo status consultivo no Conselho Econômico e Social da ONU, o ICOM também mantém parcerias com entidades como a Organização Mundial de Propriedade Intelectual, a INTERPOL e a Organização Mundial de Alfândegas, a fim de realizar suas missões internacionais de serviço público.

O compromisso do ICOM com o patrimônio cultural e a promoção do conhecimento é reforçado por seus 31 comitês internacionais dedicados a uma grande variedade de especializações em museologia, que realizam pesquisas em suas respectivas áreas para o benefício da comunidade museológica.