Brasileiros são maior “acervo” do país, diz ministra no 5º FNM

Brasileiros são maior “acervo” do país, diz ministra no 5º FNM

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, participou na tarde desta quinta-feira (22) do 5º Fórum Nacional de Museus. O evento, que acontece até amanhã no Sesc Quitandinha, em Petrópolis, reúne cerca de mil participantes, entre profissionais, gestores, estudantes e militantes da área de museus e memória.

Em fala ao público presente, a ministra ressaltou a importância do fórum como espaço de estímulo à criação de redes entre os profissionais do setor, além do intercâmbio entre estes e os estudantes de Museologia e áreas afins e da divulgação dos museus brasileiros.

Marta Suplicy lembrou do crescimento do número de museus no Brasil  – já são cerca de 3.260 mapeados pelo Ibram – e da visitação a exposições, além do aumento do investimento no campo museal nos últimos dez anos.

“As políticas adotadas desde 2003 conseguiram ressignificar a importância dos museus, mostrar o quão rentável é para o investidor e para a sociedade o investimento em cultura”, disse. “Nosso esforço agora é garantir e elevar o campo museal para o padrão de excelência que almejamos, profissionalizando e valorizando os seus agentes em todos os elos da cadeia”.

Foram citadas também ações como o Programa de Fomento aos Museus, que vai destinar, até o fim de 2013, cerca de R$ 20 milhões a instituições museais através de prêmios e editais, além da destinação de R$ 7 milhões aos museus ligados ao Ibram.

Iniciativas como o Cadastro Nacional de Museus, o Projeto Acervo em Rede, o Programa de Gestão de Riscos ao Patrimônio Musealizado Brasileiro e o Programa Pontos de Memória também mereceram destaque na fala da ministra, que chamou atenção para a “função política” exercida pelos museus no sentido de refletir a identidade histórica e cultural dos brasileiros.

“A identidade do povo brasileiro é nosso maior atrativo cultural. Nós somos este acervo”, disse Marta, ao sublinhar a necessidade de que os museus estejam preparados para mostrar a cultura brasileira ao mundo durante os megaeventos esportivos de 2014 e 2016.

Visita ao Museu Imperial - Mais cedo, Marta Suplicy já havia visitado o Museu Imperial , vinculado ao Ibram/MinC, onde participou de almoço na companhia do presidente do Ibram, José do Nascimento Jr. e do diretor do museu, Maurício Ferreira Jr., da secretária de Cultura do Rio de Janeiro, Adriana Rattes e de membros da família Imperial, entre outros.

Durante a visita, a ministra conheceu o acervo do museu e afirmou que o setor museal receberá um incremento de 30% nos investimentos em 2013. Marta Suplicy comemorou a aprovação pela Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (21), do Vale Cultura, que, em sua opinião, vai atuar como um “bolsa-alma”, garantindo acesso à cultura a milhões de pessoas.

A ministra foi presenteada com uma réplica da pena de ouro que foi usada pela Princesa Isabel para a assinatura da Lei Áurea em 13 de maio de 1888. A peça original integra o acervo do Museu Imperial.